Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

terça-feira, 30 de abril de 2013

AMOR NÃO VIVIDO



Quando o tempo passar
A velhice chegar
E a consciência pesar
Por não ter conseguido amar

Não te esqueça

Que tua felicidade era eu
Mais não me valorizou
Que você me perdeu

Por isso passou

Uma vida a penar
A refletir
A lastimar

A felicidade 

Só passa uma vez
Não duas
E nem três

Se não valorizar

O amor verdadeiro
Vai passar toda a vida
Ligado ao passado

Sofrendo calado

Com a pessoa errada do lado
Infeliz desanimado
Querendo voltar atrás

Mais de nada adianta

Viver de lembranças
Pois o tempo não volta
Isso vai ser tua derrota

Pois vai querer

O tempo parar
Tua vida consertar
E para mim voltar

Vai querer desesperado

Estar do meu lado
Juntinho de mim 
Ter envelhecido

E ver que em toda a tua vida

Amargurada e entristecida
Ninguém te amor como eu
Que amor tu não viveu

Que sem mim do teu lado

Sempre viveu no passado
Num vazio sem fim
E vai chorar por mim.

Leidiana S Silva

domingo, 28 de abril de 2013

ATRAÇÃO FATAL



Teu olhar no meu olhar
Tua mão na minha mão
Cara a cara nos olhando
É muito mais que atração

Tua boca, minha boca
Nossos olhos a se olhar
Nossas bocas se encostam
Com vontade de beijar

Sedução a flor da pele
Uma atração fatal
Amor a primeira vista
Paixão incondicional.

Leidiana S Silva

quinta-feira, 25 de abril de 2013

O BROTO DA VIDA


Vida em definição
Um Broto lindo de se ver
A vida desabrochando

Um botão de flor
Flores se abrindo
Flores murchando

Folhas nascendo
Folhas crescendo
No balanço do vento

Folhas secando
Folhas caindo
O vento levando

Flores beleza
Alegra o jardim
Perfuma natureza

A natureza
Se encarrega
Do plantio

O sol aquece
A chuva rega
O vendo refresca

A natureza
A sua beleza
Não nega

Mais se apressa
Em renovar
Brotando a vida

E a mágica
Continua...
Surpreendentemente...

Leidiana S Silva

quarta-feira, 24 de abril de 2013

FRIO DA MADRUGADA


O frio da madrugada
Faz a gente gemer
Nos deixa arrepiados
Como se tivéssemos molhados

Uma sensação estranha
Que a pele não entende
Só o cobertor
O teu corpo compreende

As mão ficam geladas
O corpo esfria
Arrepiando por inteiro
Parece até um exagero

Passar frio
Não é recomendado
Vou pó meias nos pés
Ficar bem agasalhado

 Pois é...
Assim é o frio
Ventos gelados
Que provoca arrepios

Eliminando o calor
Que tanto maltrata a gente
De qualquer jeito o cobertor
É quem nos deixa quente!

Leidiana S Silva

sábado, 20 de abril de 2013

MEU CORAÇÃO É TEU


Me apaixonei
Muito amei
Até me doei
Meu coração
A te entreguei

Abri o meu peito
Tirei o meu coração
Arranquei o do meu peito
E entreguei em tua mão
A você me entreguei

De peito aberto
Mais emocionado
Sangrando e com dor
Te dei meu coração
Te dei o meu amor

Meu peito doeu
Meu peito sangrou
Mais meu coração tirei
Meu coração é teu
Pois ele eu te dei...

Leidiana S Silva

LADO A LADO


Um só olhar
Uma só visão
Um só pensamento
Como um casamento

Olho no olho
Lado a lado
Seu olhar
Meu olhar

Como um só
Isso é sagrado
Uma só sintônia
Interligados

Pois quando se juntas
Tem aquela ligação
Como se fosse
Um só coração.

Leidiana S Silva

DE OLHOS FECHADOS


De olhos fechados
Ficou a pensar
De olhos fechados
Não pode enxergar

De olhos fechados

Você se encontrava
De olhos fechados
Que já nem piscava

De olhos fechados
Você não me viu
De olhos fechados
Pois não os abriu

De olhos fechados
Não viu a beleza
De olhos fechados
Não viu a grandeza

A beleza da vida
A grandeza do amor
Pois com os olhos
Fechados ficou...

Leidiana S Silva

quinta-feira, 18 de abril de 2013

O MEU CÃOZINHO TICO


Meu cãozinho Tico
É mesmo um amigão
Não posso lé fazer carinho
Que ele quer lamber minha mão

Passo a mão em sua cabeça
Ele começa a chorar
Gemendo de alegria
E fica louco para brincar

Tico é muito inteligente
E também é carinhoso
Por ser um cãozinho obediente
Eu sou muito orgulhoso

Cão da raça do Tiquinho
É difícil de encontrá
Alegre e obediente
Que todo mundo o que pegar

Tico é mais que um simples cão
É meu animal de estimação
Não é só o meu cachorro
Ele é também meu amigão.

Leidiana S Silva

quarta-feira, 17 de abril de 2013

BRINCANDO COM A NEVE

Nevou no meu quintal
E eu muito gostei
Chamei os meus amigos
E muito eu brinquei

Eu pulei, e corri
Boneco de neve construí
Bolas de neves
Joguei no Didi

Didi e meu amigo
Um menino bem legal
Que junto com o Nicolau
Levanta o meu astral

O sol foi esquentando
O gelo foi sumindo
O tempo foi passando
E nós se divertindo

Cobrindo o Didi
De gelo e sorrindo
Correndo em círculos
A maior diversão

A neve parou de cair
Dentro do meu quintal
Daí fomos tomar
Um leite quente com nescau.

Leidiana S Silva

MINHA BONECA LILITA


Minha boneca Lilita
É de pano
Mais é bonita

Tem a maior
Pinta de artista
Minha Lilita

Ela é mesmo 
Uma grandeza
Boneca princesa

Com seu vestido azul
De botão
Formato coração

Seus cabelos amarronzados
Com uma chiquinha
De cada lado

Que deixa Lilita
Ainda mais bonita
Muito bonita

Lilita...
A minha boneca 
De pano.

Leidiana S Silva

LOVE YOU


I love you baby
Te quero coração
Te amo meu bem
Te quero paixão

Olha o meu coração

Segura ele pra mim
Eu quero te pedir
Me dê o teu pra mim

Peque meu coração
E guarde com o teu
Meu coração te dou
Meu coração e teu

I love - Love you
Te quero só pra mim
Eu não sei como
Fui te amar tanto assim

Mais o importante

É que, quero te dar
Pra te, meu coração
Eu quero te amar.

Leidiana S Silva

A CARTA DA SAUDADE


Olá meu amor
A saudade apertou
Não conseguir te ver
Daí resolvi
Uma carta
Te escrever

Num papel perfumado
Um envelope decorado
Com as palavras
Do seu amado
Completamente
Apaixonado

Não estou aqui
Para rodeios fazer
Estou aqui para resumir
Com poucas letras
Te dizer
Que estou com saudades

Amor de minha vida
Eu amo você...

Assinado: Saudades
Para: Você

Leidiana S Silva

terça-feira, 16 de abril de 2013

A FORÇA DO AMOR


A força do amor
Não se acaba em um dia
Não se acaba em um mês
Não se acaba de uma vez
O amor permanece

A força do amor
É mais forte que um trato
É mais forte que um trem
É mais forte que um metrô
É muito forte 

A força do amor
Brilha mais que a lua
Brilha mais que as estrelas
Brilha mais que o sol
De todos os guias e o melhor

A força do amor
É mais que uma atração
É alegria para a alma
É um estimulo ao coração
É o que fortalece a paixão.

Leidiana S Silva

segunda-feira, 15 de abril de 2013

ONÇA PINTADA

Bichinha valante
Uma das mais bravas da era
Eu estou falando dela mesma
Eu falo da pantera

A maior caçadora
Da atualidade
E também a mais temida
Na roça e nas cidades

Caçadora noturna
Enxerga como ninguém
De dia está ativa
Pois de dia caça também

A onça pintada
Tem fome como um leão
A diferença entre os dois
É que a onça é um gatão.

Leidiana S Silva

É VOCÊ


É você
Minha felicidade
É você 
Minha alegria

Meu amor
É em você
Que eu penso
Todo dia

É você
Quem eu desejo
É por você
Minha paixão

É por você
Que bate forte
Todos os dias
O meu coração

Você é minha
Cara-metade
Meu amor
Minha paixão

A pessoa
Para quem quero
Entregar de uma vez
O meu coração.

Leidiana S Silva

DESILUSÃO AMAROSA

Vi os meus sonhos
Serem frustrados
Vivi uma grande
Desilusão

Foi uma tristeza
Muito profunda
Que despedaçou
O meu coração

Terrivelmente
Fui enganado
Por um alguém
Que jurou mu amar

Me entreguei
Completamente
Para aquele amor
Que me enganou

Sofri, chorei
Cair em desespero
Meu coração
Muito doeu

Acreditando
No teu amor
Toda a minha vida
A te entreguei

Você não respeitou
Os meus sentimentos
Nunca gostou
De mim de verdade

Não te importou
O tanto que chorei
Não valorizou
O amor que eu te dei

De agora pra frente
Não adianta procurar
Alguém que te ame como eu
Pois não vai encontrar.

Leidiana S Silva

O AMOR ROLOU

Sair de rolé
E esperei rolá
Aquele clima
Pra me declarar

Rolou uma química
Rolou um olhar
Rolou aquele beijo
De apaixonar

Mais quando em fim
O clima rolou
Foi você
Quem se declarou

Rolou sentimento
Rolou a declaração
Rolou o amor
A paixão rolou...

Leidiana S Silva

quarta-feira, 10 de abril de 2013

A MÁGICA LAGOA AZUL


Eu estava parada
À beira de um rio
Quando derrepente
Uma luz surgiu

Eu fui teletransportada

Para um lindo lugar
Era uma lagoa
Daí eu fui me banhar

Era uma lagoa

De águas cristalinas
Rochedos dos lados
Mais parecia uma piscina

Um lugar encantado

Com águas transparentes
Que olhando lá pro fundo
Dava para ver os pés da gente

Naquele lugar lindo

Havia mágica no ar
Quem ver a lagoa azul
Vai querer nadar

Suas águas purificam

E dá suavidade
Quem se banha nesta lagoa
Se encanta de verdade

Quando retornei ao rio

Tive a impressão de que sonhei
Mais o que importava naquela hora
É que a lagoa eu visitei.

Leidiana S Silva

É FÁCIL


É fácil falar de amor
Difícil é amar
É fácil falar de paixão
Difícil é se apaixonar

É fácil dizer te quero

Difícil é querer
De corpo e de alma
É se comprometer

É fácil dizer é para sempre

O difícil é ser
E com o passar do tempo
Existir, prevalecer

É fácil dizer, que é fácil

O difícil é fácil ser
Difícil é acreditar
Que fácil vai fazer

Fácil é querer

Difícil é acreditar
Que por mais que seja difícil
Fácil vai ficar

Fácil ou difícil

Temos que lutar
Por aquilo que queremos
Para podermos alcançar

Uma hora o difícil

Vai ter que facilitar
Dando a chance de você
Facilmente conquistar

Difícil... Sim...

Mais fácil!
Fácil...
Assim...

Leidiana S Silva

sábado, 6 de abril de 2013

O VALE DAS FADAS


Eu vi uma luz
No escuro a brilhar
Vinha em minha direção
Vagando em meio ao ar

Como uma tocha de fogo

Ela brilhava e piscava
Também fazia zig-zag
Vindo em direção a cidade

Em meio aquela luz

Voou uma borboleta
Quem a mim se apresentou
Como a fada Esplendor

Era uma linda fada

Em forma de borboleta
Um meio esverdeada
E um meio violeta

Ela me falou

Que estava procurando
Um novo lar para morar
Uma nova mata encontrar

A mata que elas moravam

O homem a devastação
Desmatando e a queimando
Com natureza acabou

Os animais que lá viveu

Os que não morreram
De lá fugiu
E ninguém mais os viu

Me apresentou as suas colegas

E continuou a sua missão
Procurando um novo vale
Para construir sua mansão

Formando um novo vale

Para as fadas habitarem
E ser feliz cantarolando
Por está longe das maldades

E deixando de exemplo

Aos homens a preservação
Das matas, árvores e animais
Sobrevivência das nações.

Leidiana S Silva

sexta-feira, 5 de abril de 2013

FRENTE À FRENTE

Você e Eu
Eu e Você
Frente à frente
Para o amor

Minha metade 
Da laranja
Duas peças
Que se encaixou

Tenho certeza
Que você
Deus foi quem
Me preparou

Sei que
Você me ama
Eu também
Amo você

És meu grande
Único amor
Sem você
Não sei viver

O meu príncipe
Encantado
Meu eterno
Namorado.

Leidiana S Silva

quinta-feira, 4 de abril de 2013

PASSARINHOS APAIXONADOS


Tinha dois passarinhos
Num galho do alvoredo
Se olhando apaixonados
Numa noite de céu estrelado

Em plena luz do luar
Inspirando a paixão
O amor dos passarinhos
Era cheiro de emoção

A lua estava bonita
E no escuro se destacou
Despertando nos passarinhos
Aquele lindo amor

O olhar da passarinha
Era de apaixonada
Com certeza aquela noite
Era mesmo encantada

O passarinho tímido
O peito estufou
De tanta emoção
Por está com o seu amor.

Leidiana S Silva

LÁGRIMAS DE AMOR


Muito chorei
Me desesperei
Me afastei de você
E em você me acheguei

Chorei tanto
Que poça formou
De tanta lágrimas
Lágrimas de amor

Lágrimas que chorei
Que chorei por você
Que se esqueceu de mim
E não veio mais me ver

Foi muitas lágrimas
Que o meu coração
Ficou alagado
Como uma poça no chão

Lágrimas molhada
Lágrimas secou
Lágrimas que chorei
Por você meu bem querer

Leidiana S Silva

GATINHO FRAJOLA


Sou fofo, fofinho
Um gato, gatinho
Sou eu o Frajola
Quando pequenino

Sou uma gracinha
E chamo a sua atenção
Por onde eu passo
Sou atracão

Olha como eu sou
Um lindo bichano
Gatinho pequeno
Mais vivo aprontando.

Gato, gatinho
Que vira um gatão
Alegrando você
Na televisão.

Leidiana S Silva

GATINHOS ABANDONADOS

Miau, miau...
Gatinho miou
Miau, miau
Miando ficou

Mais que peninha
Daqueles gatinhos
Que foram abandonados
Naquele cantinho

Seus olhos tristinho
Me deixou preocupada
Eu ficava aflita
A cada miada

Um miado de quem
Queria alguém
Para ser o seu dono
De que casa não tem

Miau, miau...
Miou, miou...
Até veio alguém
E os adotou.

Leidiana S Silva

terça-feira, 2 de abril de 2013

CAMINHANDO PARA VOCÊ

Na estrada caminhei
Horizontes avistei
Me perdi e me encontrei
Continuei minha caminhada
Pela estrada da vida

As vezes sozinho
As vezes acompanhado
Segui o meu caminho
Por essa estrada
E surpresas encontrei

Pessoas conheci
As pessoas me apeguei
Por mais que não quisesse
Pessoas eu deixei
E para a estrada retornei

Permaneci na estrada
Com pés e mãos calejadas
Não desistir da caminhada
Até que cheguei
No lugar que eu sonhei está

Um lugar planejado
Por mim almejado
Um sonho alcançado
Por isso estou aqui
Com você, do seu lado.

Leidiana S Silva