Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

ELEIÇÕES

As eleições vem aí
E todo bom cidadão
Sempre faz o seu papel
Pois querendo ele ou não
Tem sua participação

Pois votar é preciso
E caridade é um dom
Então que vençam a eleição
Todos bom de coração
Representando a nação

O bom que não se eleger
Acredite com certeza
Que um cargo irá ter
E fazendo a sua diferença
O povo irá reconhecer

Muitos acham que o povo
São tapado e nada vê!
Não se engane e pode crê!
Quem trabalha pelo povo
Não tem nada a perder

Vai crescer dentro da política
Ter a esperada consideração
Será amado pelo povo
Como um Emérito Cidadão
Verás que nada foi em vão

Querendo ou sem querer
Temos mesmo que votar
Eleger alguém a um cargo
Para depois cobrar
Ou mesmo elogiar...

Quem não vai a urna
Nada sai ganhando
Pois não tem a quem cobrar
Mas só vive reclamando
Sua saliva acabando

Não sabemos do futuro
O que nos resta é votar
E torcer para que o eleito
Ganhe para melhorar
E quem viver verá

Cada mente é uma mente
Cada homem tem seu valor
Agradar a todos é impossível
Pois nem o Jesus agradou
Ao contrário cronsificou

Mas é isso aí...
Nada de desanimar
A eleição está chegando
Ânimo! Vamos lá...
Escolher e votar.

A LEI DO DESAPEGO

No começo foi tão lindo
Era "O amor está no ar"
Nós dois sempre lado a lado
Todo tempo a se beijar

Eu não imaginava
Minha vida sem você
Com aquela ilusão
De nosso amor é pra valer

Completamente apegada
Não conseguia viver sem
Só pensava em nós dois
Eu, você e mais ninguém

Só tinha um problema
Nunca que me deu valor
E aquele apego todo
Uma hora acanou

Fui me desanimando
Desacustumei com o seu jeito
E ao invés de qualidade
Comecei ver só seu defeito

Aquilo que era lindo
O que me impressionava
Percebi que invés disso
No fim só me desanimava

Comecei pegar distância
Pois acabou minha esperança
De mudar para melhor
E cada dia ficou pior

Então dei um basta
E em fim acabou
Meu apego, amizade
E também o meu amor

Não adianta arrepender-se
E nem querer recomeçar
Meu coração está ferido
E cicatrizes vão ficar

A lei do desapego
Existe e é cruel
Você desfez do doce
Agora prove o fel

Estou naquela face
De total adaptação
O meu objetivo
É te arrancar do coração

Hoje até sinto falta!
Mas sabe quando a gente cansa?
Pois é se liga aí…
Todo o começo, tem um fim.

sábado, 27 de agosto de 2016

RACIOCINANDO BEM

Raciocinei muitíssimo bem...
E cheguei a uma conclusão
A qual vou te repassar
Queira você ou não

Por mais que não aceite
Raciocine um pouquinho
E verás que os fingidos
Não tem nada de bonzinho

Eu estava pensando
Uma cruel realidade
Não é fácil concordar
Só que essa é a verdade

É que as pessoas boas
São uma em cada um milhão
E se juntar não dá para encher
Nem mesmo um furgão

Infelizmente é muito triste
E até dói o coração
Mas se empilhasse as falsas
Encheria um caminhão

Essa é a realidade
Mas fazer o que?
Só fiz esse comentário
Para alertar você

Conviver com falsidade
Não é fácil para ninguém
Só é feliz de verdade
Quem um bom amigo tem

Gente falsa se encontra
Simplesmente em qualquer lugar
Já uma boa pessoa
É difícil de encontrar

O direito é todo seu
De concordar ou não
De que pessoas ruim
Enche sim um caminhão

E que boas pessoas
É difícil de encontrar
E se fosse contar de dedo
Um monte iria sobrar

Porque pessoas boas
E de bom coração
Realmente são tão poucas
Que cabem em uma só mão.

domingo, 21 de agosto de 2016

POESIA EM TUDO

Em tudo na vida
Tem poesia...
Poetisa Leidiana
É quem o diria...

Pois ela poetiza
De noite e de dia...
Tanto na tristeza
Quanto na alegria

Poesia na folha
Poesia na flor
Poesia que nasce
É porque enraizou

Poesia hoje
Poesia amanhã
Poesia no morango
Poesia na maçã

Poesia no frio
Poesia no calor
Poesia no ódio
Poesia no amor...

Poesia na saúde
Na doença também
Em tudo o que se ver
Poesia tem...

Poesia no presente
Poesia no passado
Poesia no futuro
E para todo o lado...

Poesia aqui
Poesia acolá
Em tudo o que se ver
Poesia há...

Poesia para mim
Poesia para você
Poesia em tudo...
Tudo o que se ver.

COISAS QUE ACONTECEM

Sabe quando de repente
Bate uma vontade de sair
Para esparelhecer as ideias?
Dá uma voltinha por aí
Pois é... nunca tive!

Aquela vontade repentina
De com alguém conversar
Encontrar-se com a pessoa
E seus segredos contar
Confessar que não tenho!

Não precisa se assustar!
É que esse abito não tenho
"...Com estranho desabafar!!!"
Minha vida é minha vida
Então para que compartilhar

Só saio com um objetivo
Com um propósito em mão
Para ir comprar um chocolate
Tomar um sorvete de limão
Ou mesmo para comprar pão

Se não for pra isso
Fala sério! saio não...
Só quero é deitar
...Sozinho ficar em paz
É isso e nada mais!

Não quero ver ninguém
Não quero conversar
E muito menos quero
O meu tédio espalhar
Então fico em meu lugar

Essa é a realidade
Heje em dia
De muita gente...
Não tem muito o que fazer
Isso é real infelizmente

Não ache que isso é estranho
Pois isso, lógico que é normal
Cada um com suas manias
Parecidas ou igual...!
Então não leve a mal.

CONSTITUCIONIALISMO NACIONAL

Eu vou fazer greve
Vou protestar legal
Contra a alta do feijão
Do leite e do Nescau
Da carne e até do ovo
Irá ser sensacional...

Também vou fazer protesto
Contra a alta da gasolina
Contra o preço do pão
E a falta de vacina
Também contra o entulhado
Do terreno da esquina

Eu vou protestar
Contra a alta da inflação
Que é o motivo principal
D'eu não poder comprar feijão
E também vou protestar
Contra a seca do sertão

O protesto contra a seca
Esse será diferente
Pois eu vou pedir pra Deus
Proteger os inocentes
E mandar uma chuvinha
Para alegrar aquela gente

Vou ser firme no protesto
Vou ser um mais radical
Pois vou fazer panelaço
Vou fechar a marginal
Vou parar minha cidade
Mas de forma sindical

Vou exigir os meu direitos
Escritos na constituição
Vou gritar aos quatro ventos
Quero um pouco de atenção
Além de emprego e moradia
Quero saúde e educação

Eu vou protestar
Greve vou fazer
Vou gritar liberdade
Para todo mundo ver
Que eu não estou feliz
Vendo o meu povo sofrer

Eu vou fazer greve
Eu vou protestar
Será um pedido de socorro
Olha eu aqui, vem me ajudar
Quero pagar minhas contas
E bem me alimentar

No momento a minha voz
Umildemente silenciou
A voz que dias atrás
Bravamente protestou
Garanto que melhoras
Esperando estou

Mas a voz é a mesma
E a postos está
A qualquer momento
Voltar a protestar
Só vai depender...!
Será que ainda vai precisar?

Se precisar eu faço greve
Eu protesto sim
Pois canse de não ver
Ninguém a favor de mim
Mas espero que a crise
Finalmente tenha um fim.

DOIS SENTIMENTOS EM UM

O amor e a Paixão
Se torna um só sentimento
Tendo a mesma conexão
Vai mais além de só momento

Radiante de alegria
Com muita emoção
Vai na mesma batida
"Ambos" os dois coração

Dizem que o amor dura
Quando é correspondido
É só um ao outra da atenção
No popular se dá ouvido

Quando se tem respeito
O amor tem mesmo que durar
Pois o amor se apega
Depois não quer mais se largar

Amor é sentimento unido
Amar é entrega total
Quem ama sente em sua alma
Algo sobrenatural

Quem ama se torna um
E não quer ficar separado
Quem ama quer está perto
Bem pertinho lado a lado

A amor e a paixão
Faz parte do relacionamento
A paixão é algo que rola
Mas o amor é o real sentimento

De dentro para fora
Assim é o amor
Um sentimento puro
E de grande valor

Realmente o amor
É uma coisa sobrenatural
Pois ninguém nunca soube
Imitar algo nem igual

O amor é mesmo único
Não tem nem comparação
Ele anda em sua mente
E mora no seu coração

O amor e a paixão
A paixão e o amor
Quando ambos estão juntos
Tem ainda mais valor.

O SONHO DE VELEJAR

Minha vontade, vou contar
É sério, não estou brincando
O meu grande desejo
É sair mar velejando

Pegar um grande barco
Um barco à vela é meu desejo
Velejar por mar a fora
Fecho os olhos e até vejo

Quando o mal humor ataca
Vou te falar a verdade
Velejar, mas sem destino
Essa é minha vontade

Sair por esse mar
Sozinho velejando
Somente eu e o vento
E as velas balançando

Aquele mar gigante
Sempre me observando
E eu ali parada
Sua imensidão admirando

Para mim é uma emoção
Ser conduzido pelo vento
Que sensação gostosa
É velejar mar a dentro.

FÉ NO FUTURO

Ano dois mil e dezesseis
Em plano século vinte e um
Me diz: Qual pobre vive bem?
Deixa eu pensar: Quase nenhum!

Parando para pensar
Me pergunto: Quem diria?
Que um quilo de feijão
Iria ficar tão caro um dia!

O leite nem te conto
Fico tonto só em pensar
Em plano mês de Julho
O preço que tem que pagar

E o preço do pão
Vou falar em um relato!
Você vai na padaria
E não tem nada barato

A carne está cara
O café nem se fala
E o leite com o nasceu
Já ficaram até de mal

A Pátria amada Brasil
Não tem nada de gentil
Pois a nação desse País
A sorte é um em cada mil

O povo paga para trabalhar
Paga também para comer
E pra inteirar a falta de sorte
Pagam até para morrer

Um povo desvalorizado
Esse povo é sofredor
E além de tudo isso
A quem não merece dão valor

Vai entender esse povo
Vai entender essa nação
Esse povo é tão amoroso
Que perdoa até ladrão

Pátria... ò Pátria
Me diz: Cadê o amor
Como que tu aguenta
Ver teu filho sentir dor

País da indiferença
Onde acabou a escravidão
Mas mesmo assim o pobre aqui
Ainda sofre com patrão

Trabalha noite e dia
Com só uma folga na semana
Mas mesmo assim para o patrão
Nada está bom, pois só reclama

Então o pobre sem opção
Não pode nem se defender
E continua trabalhando
Pois as contas vão vencer

Tem comida para comprar
E os filhos para vestir
E os juros do empréstimo
Que não para de subir

Essa Pátria se tornou
Uma grande decepção
Para os que acreditam
Num bom futuro pra nação

Pois olham à sua frente
É nada ver de se aproveitar
Chegando mesmo à conclusão
Que o amor extinto estar

A verdade disso tudo
Vou falar qual é que é
Só pela união do povo
Que a Pátria está de pé

Pois por mais que esteja ruim
Eles acreditam na mudança
E releva o inrelevável
Como se fosse criança

Para o bem da sua Pátria
Para o bem da sua nação
O brasileiro ainda luta
Pela baixa inflação

Só acredita em um bom futuro
Quem de verdade ama a nação
Quem acredita que um dia
Terá da Pátria uma atenção

Quem quer sempre o melhor
Para toda a sua família
E está sempre a acreditar
Que a sorte um dia brilhará.

sábado, 20 de agosto de 2016

SEM RESSENTIMENTO

Brincou com meu sentimento
Com requinte de maldade
Magoou o meu coração
Me tratou com falcidade
Isso foi muita crueldade

A tristeza me acabou
Meu semblante foi ao chão
Fiquei tão decepcionada
Que não quis ver mais ninguém
E mergulhei na solidão

Vou é ficar trancada
Com as luzes apagadas
Pois não quero ninguém ver
Por estar muito arrasada
O que quero é me esconder

Vou dar um tempo ao tempo...
Só não sei é se aguento!
Mas esse tempo vou dar
Não saindo mais de casa
Muito menos passear

Vou me reservar
Vou me esconder
Sair sem destino
Ninguém quero ver
Pois cansei de sofrer

Cansei já não aguento
É tanta... falsidade
Esse é o fim...
Só quero perto de mim
Amigos de verdade

Mas pensando bem
Não vou mais desistir
Vou é esquecer pessoas mal
Daqui pra frente só quero
Perto de mim pessoas legal

Amigo joia rara
Amoroso e verdadeiro
É o que procuro agora
Pois amigo de verdade
Vale mais do que dinheiro

Quero um amigo positivo
Que não me queira mal
Alguém de bom coração
E que seja alto-astral
Um amigo sem igual

Só assim vou superar
O que você me fez
E voltarei a acreditar
Que existe amigo
Mais uma vez...

Vou sair desse buraco
Vou sair da solidão
E voltará a ter paz
O meu pobre coração
E serei feliz então

Um novo amigo
Do tipo irmão
É o que preciso ter
Alguém de bom caráter
Diferente de você

E sem ressentimento
Em fim vou viver
Meu coração se alegrará
E feliz voltarei ser
Feliz pra valer

O que é ressentimento?
É um sentimento ruim!
Do tipo que não faz bem
Para você, nem para mim.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

QUANDO BATE A TRISTEZA

A tristeza me toma
E sem saber o que fazer
Tento disfarçar
Quero me esconder

Me faço de forte
E minha alma chora
Procura um lugar
Pra poder ir embora

Um dia estou bem
E o outro estou mal
Uma hora nada bem
E a outra estou legal

É uma mudança brusca
Do estado de humor
Por isso um dia bem
E no outro já não tou

Mas não canso de tentar
Luto até o fim...
Pois sei que um dia ou outro
A tristeza sai de mim

Em grito de socorro
Falo crise vai embora
Vem felicidade
Te espero, não demora

Procuro me distrai
E falo com meu coração
Não vamos nunca desistir
Não importa a solidão

Vamos conseguir
Vamos chegar lá
Uma hora cem por cento
A alegria reinará...

Espero dias melhores
E com convicção
Acredito plenamente
Meu esforço não é em vão

Sei que tudo passa
E isso vai passar
Sei que na hora certa
Eu alegre vou ficar

Então de dia a dia...
E de hora a hora...
Em fim minha tristeza
De uma vez vai se embora...

Não terei mais tristeza
Só terei alegria
E assim será minha vida
Toda hora todo dia.

SIMPLESMENTE CONFUSO

Simplesmente sim
Ou simplesmente não
Não sei o que dizer
Já fiz foi confusão

Simplesmente é fato
Um foco exato
Uma mistura
De insano e sensato

Complicou ainda mais
Até eu me confundi
Não sei o que dizer
Simplesmente me perdi

Ser ou não ser
Simples assim
Se agora entendeu
Então fala pra mim

É facilmente difícil
Simplesmente complicado
É algo que não dar
Nem para ser bem explicado

Se tento desenrolar
Faço uma embaralhação
Coisa que só eu endendo
E as vezes faço confusão

Fico firme olhando a sena
Pensando vale ou não a pena
Sinto ausência de antena
O ponto da conexão

É bem aquele dilema
De sim ou de não
Confuso ou objetivo
Sei lá... sei não!

O ser ou não ser
Me diz você
Se lei e entendeu
Então valeu...

Mas se não entendeu
Também pode dizer
A minha sugestão
É você voltar a ler

Pois confuso ou não
Simplesmente é poesia...
Enriquece sua alma
Lhe enchendo de alegria.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

A INVASÃO TECNOLÓGICA

A invasão tecnológica
Tanto falada aconteceu
E o homem literalmente
Até vida a robôs deu

Mesmo sendo artificial
Foi uma grande revolução
Inteligência interligada
Com a informatização

Com essa evolução
As coisas saíram do normal
Porque essa sem sombra de dúvida
É a tecnologia global

Essa atual tecnologia
Dominou essa geração
Com o seu novo método
Que avançou a comunicação

Nesse novo século
O século informatizado
Ninguém vem pessoalmente
Lhe dá nem hum só recado

Se quer um telefonema
Ninguém quer nem ligar
Só para redes sociais
Se tá usando o celular

É um tal de WhatsApp
Messenger e Facebook
É o Twitter e Skype
Boca a boca ninguém discute

Uns usam para o bem
E outros para o mal
Todos informatizado
E acham isso sensacional

Tem quem usa e não gosta
Outros queriam e não sabem usar
Tem quem tenta usar e aprende
E tem quem, nem quer tentar

Pessoas se fala pela internet
Praticamente o dia inteiro
Já se for pessoalmente
Só de ver da desespero

Já virou até doença
Virou uma epidemia
E as pessoas pessoalmente
Não se falam nem um dia

Pois ficam frente a frente
E nada tem pra se falar
A conversa não fluir
Sem assunto a conversar

Só que o mais engraçado
E depois de se despedir
Já corre pra internet
E pergunta "Oi td bem! vc tá aí?"

E o outro logo responde:
Eu acabei de entrar
Blz... Estou bem!
E vc como é q tá?

Gente não me conformo
Se acabaram de se ver!
Porque não conversaram
Esse povo pensa o que!

E tem mais, se alguém te liga
É somente te falar
Entra rápido na internet
Tenho algo para mostrar

Mas o que podemos fazer?
Se isso é inovação
Isso eu reprovo totalmente
Por não gostar de abreviação

Tem os jogos eletrônicos
Que já inventaram para toda idade
Inclusive é um causador
Da atual obesidade

Pessoas ficam na internet
Batendo papo ou jogando
E em meio dessa correria
Acabam mal se alimentando

Daí ficam obesas
Por depois comer de mais
Ou ficam desnutridas
Por falta de vitaminas e minerais

A tecnologia é boa
Mas em excesso faz até mal
Pois transforma quem é ativo
Num lento e anti-social

A tecnologia ajuda
E é uma bela ferramenta
Mas desse jeito que está indo
Vou falar ninguém aguenta

O Conselho pra geral
Gente vamos evoluir
Conviver mais no social
Pra um pouco mais se divertir

Para mim a tecnologia
Sendo ela boa ou não
Considero uma invasão
Pois vai além de inovação

Sai um pouco da internet
Nessa rede social
Se divirta com um amigo
E veras que é bem legal.

domingo, 14 de agosto de 2016

MEU PAI - MEU HERÓI

A vida é triste sem você
Sua ausência dói
Pois és meu porto seguro
Meu preferido herói

Meu tudo em afeição
Me amarro em seu carinho
Exemplo a ser seguido
Eis tu ò meu paizinho

Muito agradecimento
Eu devo a você
Por ter estado aqui comigo
Desde o meu nascer

Me ensinado andar
Me levando a escola
E na horas vagas
Até jogava bola

Você me ensinou sem
O que hoje sou
Por isso que dedico
A você o meu amor

O um meu melhor presente
Que te dou é meu carinho
Amor incondicional
Tenho por ti ò meu paizinho

Se existisse um gênio
Para um pedido eu fazer
Seria para sempre...
Do meu lado estar você

A criança quando pequena
Vendo o pai tudo fazer
Logo deseja ser igualzinho
Ao seu pai quando crescer

És para sempre meu herói
E apesar de não saber voa
E não ter super-poderes
Sempre vou te admirar

Pois tudo que você faz
É realmente surpreendente
Coisa de super-herói
Com poderes excelente

Meu pai - Meu herói
Minha fonte de inspiração
Terá sempre um lugarzinho
Aqui no meu coração

Te desejo um feliz dia
E muita felicidade
Saiba que esse teu filho
Te ama muito... de verdade

Te amo paizinho
Te amo de paixão
Te amo do fundo
Do meu coração.

sábado, 13 de agosto de 2016

RICA DE DECEPÇÃO

Se decepção fosse dinheiro
"Rica!!!" Eu já estaria
Pois ganho decepção
Simplesmente todo dia

Quando penso estar bem
Vira aquela confusão
Tudo fica de cabeça para baixo
Daí vem decepção

As vezes fico tão mal
Que quero desistir
Aí dou a volta por cima
E resolvo prosseguir

Ficar decepcionado
Não é fácil para ninguém
E decepção é uma coisa
Que vou falar: Eu vivo sem!

O que não quero dar
E nem receber é decepção
Por isso eu procuro
Tratar a todos com atenção

Decepção dói
E dói profundamente
Decepção machuca
Deixa a pessoa até doente

O que não quero para mim
Também não quero para ninguém
Então do jeito que quero ser tratada
Daí eu trato também

Se decepção fosse dinheiro
Eu tinha mais de um milhão
Pois nessa vida o que mais ganho
No geral é decepção

Parece brincadeira
Mas pode acreditar
Se decepção fosse dinheiro
Todo mundo ia enricar

Por isso é que falo
Estou rica de decepção
O que me falta é dinheiro
Mas tristeza falta não

Então saiba que sou rica
E é melhor "duvidar não!"
Pois sou pobre de alegria
Mas rica de decepção.

O PEDIDO DE CASAMENTO

Uma coisa surpreendente
Em que se sonha com o momento
Quando inesperadamente...
O pedido de casamento

Tudo começou
Em um final de mês
Onde um casal apaixonado
Uma surpresa se fez

Vamos dá uma volta
Andar para destrái
Vamos jantar fora
Vamos nos divertir

Caminhar juntinhos
Que seja num jardim
Tudo o que eu quero
É você junto de mim

Esse foi um relato
De uma mulher apaixonada
Que namorou e ficou noiva
E agora está casada

Após essas palavras
Segurou as minhas mãos
Olhou fundo nos meus olhos
E me fez uma declaração

Falou que me amava
E não queria viver sem mim
Que não podia me perder
Que seu amor era sem fim

Falou: eu já tentei...
Mas sem você não consigo
Te quero para sempre
Você quer casar comigo?

Os meus olhos encheu de lágrimas
Minhas pernas começou a tremer
Quando ele pegou a aliança
E me disse é para você

Você nasceu para mim
Para sempre vou te amar
Então... fala que aceita...
Com você quero casar

Olhei firme nos seus olhos
Dei um beijo demorado
E lhe disse eu aceito
Hoje estamos casado

Já faz muitos anos
Que ele comigo se casou
E o amor é o mesmo
Ele romântico continuou

Nunca me esqueci
Daquela declaração
Esse pedido de casamento
Se tatuoo em meu coração

Hoje me recordo
E venho te contar
Do dia que eu disse sim
O amor está no ar.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

O ACONCHEGO DE UM ABRAÇO

Aconchego é muita coisa
Um abraço com amor
Um beijo, um carinho
Um simples gesto como for

Uma atenção especial
Aquele abraça aconchegante
Em que lhe faz até esquecer
Os problemas por um instante

Aconchego é caridade
Para muito é uma glória
Pois por mais que ele demore
Sempre vem na melhor hora

O desejo de muitos
São aconchego constante
Abraços carinhosos
E beijinhos bem arrepiante

Tem abraço aguardado
E abraço inesperado
Tem abraço que marca
E aquele incomodado

Tem abraço ligeiro
E o que você não quer soltar
Só quer ficar abraçado
Se sentindo aconchegar

O abraço tem voz
E fala por você
O que a boca não diz
E os olhos quer esconder

Então o abraço fala
Quando está incomodado
Demonstrando na verdade
Que não quer ser abraçado

Desse jeito é o abraço
Desse jeito o abraço é
Só depente de você
Desvendar o que ele quer

Então aconchegadamente
Se pode abraçar
Dar um singelo mas grande beijo
Ou um aperto de mão para começar

O aconchego de um abraço
Não tem como comparar
Nem com beijo nem com nada
Pois aconchego é abraçar

Um abraço aconchegante
Não tem mesmo comparação
O carinho de um abraço
Vale mais que hum milhão

Beijos, carícias e carinho
Logo se sente ao terminar
Mas o aconchego de um abraço
Você sente continuar

Aconchego é um gesto
Uma maneira de abraçar
Mas um abraço de alma
Algo espetacular

Aconchego não passa logo
Ele fica um tempão
E as vezes fica para sempre
Pois marca lá no coração.

AS VÁRIAS MANEIRAS DA VIDA

Que a vida é linda
Já cansamos de escutar
Mas a vida só é linda
Para quem linda a quer enxergar

A vida é bela
É bela sim
Mas só para quem sua beleza
Ver do começo ao fim

A vida é colorida
Além de linda e bela
As cores que a vida tem
É uma verdadeira aquarela

Mas o colorido da vida
Só depende de você
Deixa-la mais colorida
Ou sua beleza desfazer

A vida é atitude
Com certeza é sim
Pois para a vida linda ser
Depende nesmo só de mim

A vida não é fácil
Realmente não é
Mas só é mais difícil
Para quem não arreda o pé

A vida é curta
Sim a vida é de momento
Então viva intensamente
Tendo só bom sentimento

A vida é colorida
É linda e é legal
A vida é mesmo bela
Viver é alto astral

Viva a vida hoje
Amanhã é outro dia
É bom de mais viver
Ainda mais com alegria

O que é viver?
Que que eu fale mais!
Viver é ser feliz
É gostar do que se faz

A vida é simplesmente assim
Cada pessoa do seu jeito
Nunca está boa para ninguém
Todos sempre a põe defeito

A vida é perfeita
Falo sem engano
E melhor a vida fica
Cada vez mais de ano a ano

A vida tem várias maneiras
Vários jeitos de ser
De a sua vida ser boa ou não
Dependerá só de você.

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

BAIXO O ESTRESSE


Porque tanta irritação
Para que se estressar
Se o problema é seu
Porque nos outros descontar

Problema todo mundo tem
De nada adianta demonstrar
Então o que lhe resta
É seu próximo alegrar

Ninguém tem culpa
O ditado já diz
Só o destino é culpado
Por você ser infeliz

Então o que fazer
É simplesmente disfarçar
Quando tiver alguém por perto
Tente o máximo o agradar

Quando alguém lhe trata mal
Dói até o coração
Como acha que se sente
Quem você agride sem razão

Agressão não é só física
Também pode ser verbal
Ou tratando o seu próximo
Como se fosse animal

Agressão é desfazer
Simplesmente por maldade
Falar com grosseria
Que por você tem amizade

Agredir é tratar mal
Também é falta de respeito
É tratar com estupidez
E também com preconceito

Descontar raiva nos outros
É muita falta de educação
Como pode cobrar algo
De quem não deve um tostão

Trate sempre o seu próximo
Como deseja ser tratado
Se coloque em seu lugar
Olhe bem o outro lado

Aqui se faz aqui se paga
Procure nunca esquecer
Do jeito em que tu tratar hoje
Alguém um dia trata você

Assim é o mundo
Com tudo que nele há
Então se tratar alguém bem
Em retribuição te tratará

Bons educação é bom
E todo mundo gosta
Então nada estresse
Cara feia ou mal resposta

Então pega leve
Não leva a mal e vai acalmando
Só falei pois lá no fundo
Uma boa pessoa estou te achando

Baixo o estresse
Pois você vive sem
Conte até dez...
E medite no bem.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

SONHANDO COM O AMOR

De cabeça vazia
Me dá uma sonharia
E durmo seja a noite
Ou mesmo de dia

Vivo a cochilar
Aqui e acolá
Durmo até sentada
Em qualquer lugar

Na verdade eu fico
Dia e noite zeem
Sabe quando sem querer
Mesmo assim o sono vem!

Pois é... Eh bem assim
Desse jeito que estou
Durmo noite e dia
Como alguém que se dopou

Mas não estou dopada
Isso é neostagia
Que me faz dormir
De noite e de dia

Sei que não é normal
Alguma coisa está errada
Mas revelo a verdade
Estou é apaixonada

Pois é me apaixonei
Alguém estou amando
Por isso durmo tanto
Com esse amor fico sonhando

Daí durmo mesmo
Durmo para sonhar
Pois sonhar com um grande amor
Coisa melhor sei que não há

Como é lindo amar
Amar é uma beleza
Só tem um probleminha
Amar dá uma grande moleza

Se você fica a dormir
E só viver sonhando
Se você tá desse jeito
É porque está amando

Sonhar com o amor
É bom por demais
Por isso que eu durmo
E durmo ainda mais...

Dormir me dá prazer
E me deixa animada
Sempre nos meus sonho
Sou a mulher mais amada

Mas na vida real
Fica meio sem noção
Porque não sei mais nem
O que é real ou imaginação

Pois quando estou sonhondo
Tudo é tão perfeito
Mas quando acordo vejo
Que não é daquele jeito

Mas o que posso fazer
Se gosto de sonhar
Em Quem vou pôr a culpa
Quem mandou me apaixonar

Quem que nunca amou
No sonho ou na imaginação
Quem nunca dormiu
Pensando numa grande paixão

Isso acontece
É com muita gente
E nem adiante
Vim falar que é diferente

Uma hora ou outra
O seu coração
Vai cair a ficha
E entregar se a paixão.