Poetisa Leidiana S. Silva

Poetisa Leidiana S. Silva
********

domingo, 16 de julho de 2017

O COMEÇO É O CAMINHO

Nenhum caminho é tão estreito
Que não se pode nele andar
Pois se é chamado de camiho
É porque nele se pode trafegar

Todo caminho é caminho
Sendo ele lorgo ou não
Caminho é feito para anda
Sendo asfaltado ou no chão

"Caminho..." já fala tudo
Foi feito para caminhar
Realmente uma via ativa
Própria para circular

Tem caminho largo
E tem estreito também
Tem caminho que só vai
E o caminho que só vem

Tem caminho duplo
Tem o triplo e muito mais
E quanto mais caminho tem
Mais caminho ainda se faz

Além de ter a Rua
Também tem a Viela
Tem a Pista e Avenida
Rodovia e Passarela

Também tem a Travessa
A Estrada para caminhar
E um pouco mais radical
Tem a Trilha para explorar

É um sobe e desse, desse e sobe
Um vai... e vem, e um vem e vai...
É um tal de rola e enrola
Só que do caminho não sai...

Na verdade o caminho
Já faz parte da nossa vida
Quem não está num caminho
É porque está perdida

Caminho leva
E caminho traz
Caminho guia
Ou perdido faz

Depende de você
Tomar um bom caminho
Não importa se acompanhando
Ou mesmo até sozinho

Tem caminho sem volta
Tem caminho só de ida
Por isso se tem que pensar
Muito bem em sua vida

Tem caminho de curva
Que termina onde começa
E também tem o mão dupla
Que é a estrada vice-versa

Tem caminho que termina
Logo após de começar
Pois pararam na metade
Sem o caminho terminar

Caminho vai...
E caminho vem
E até mesmo a vida
Tem seu caminho também

Caminho é começo
E também é fim...
Caminhar cansa
Mas não é nada ruim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário